sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Deus e o amor romântico...

O amor romântico é como Deus. Em toda sua infinita bondade, beleza e fervor. Por sua criação e por muitas dádivas. São espelhos um do outro. Amam incondicionalmente, perdoam e se dão por inteiro. Enche-nos de uma infinita paz e tranqüilidade, assim como nos deixam em constante pensar. Como exalta! Como engrandece! Quão belo é! Quão louco! Divinos e puros! Únicos e fiéis!
Ai...
O amor romântico e Deus... São uma ilusão.

Um comentário:

paula eloar silva dos reis disse...

Deus é grande forte,não precisa de vc pra existir ,mas vc existiria sem Deus?